CNPL COBRA MELHORIAS PARA PROFISSIONAIS DO SUS NA 1ª CONFERÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

Detalhes

Criado em Quarta, 28 Fevereiro 2018 12:41

cnpl_conferencia_saude

A Secretária de Assuntos Legislativos da Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL, Joana Batista Oliveira Lopes, participou nessa terça-feira, dia 27 de fevereiro, em Brasília/DF, da solenidade de abertura da 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde, realizada pelo Conselho Nacional de Saúde – CNS. A Secretária de Assuntos Legislativos, que também coordena a Comissão de Saúde da CNPL, defendeu a implantação do piso nacional para os trabalhadores do SUS e vigilância para os profissionais da saúde.

A normatização do Piso Salarial dos trabalhadores do SUS permitirá, explica Joana Batista Oliveira Lopes, prestar de forma digna, uma assistência aos trabalhadores que cuidam da saúde de toda a população brasileira que utiliza o SUS. “Buscamos a descentralização, pois temos consciência que os municípios não têm condições de pagar um piso descente para esses trabalhadores. Por isso, cabe à União, o financiamento desse piso salarial nacional, tendo em vista o não ferimento ao Pacto Federativo e à composição tripartite do SUS – governo, estado e União -, previsto na Lei Orgânica do SUS nº 8.142/1990, referendada na Lei Complementar 141 de 2012”, esclareceu.

Joana Batista Oliveira Lopes também fez duras críticas à Emenda Constitucional nº 95/2016, que estabelece teto para os gastos públicos da União por 20 anos. Segundo a Secretária de Assuntos Legislativos, a medida fragiliza ainda mais o Sistema Único de Saúde e representa prejuízos à população brasileira, sobretudo à população mais pobre. “É preciso fazer cumprir o direito constitucional à saúde pública e a integralidade de assistência, prevista no artigo 198, inciso II, da Constituição Federal, bem como estabelecido no princípio expresso no artigo 7º, inciso II, da Lei 8.080/90”.

Segundo Joana Batista Oliveira Lopes, o acesso à saúde e à educação como obrigação do Estado deve estar acima de quaisquer divergências político-ideológicas para a construção de uma sociedade mais justa e fraterna. Além disso, é importante ressaltar que o Conselho Nacional de Saúde estima que o congelamento de investimentos reduzirá em R$ 400 bilhões o orçamento da saúde durante o período de vigência da Emenda 95/2016.

A 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde “Vigilância em Saúde: Direito, Conquistas e Defesa de um SUS Público de Qualidade”, tem como objetivo a construção de uma Política Nacional de Vigilância em Saúde, a manutenção de direitos conquistados e a defesa de um SUS público e de qualidade para todos. O evento pretende reunir, até o dia 2 de março, mais de 2 mil pessoas de todos os estados do Brasil que participaram de de conferências municipais, estaduais, distritais, macrorregionais e plenárias ao longo de 2017. Entre os participantes, estão acadêmicos, especialistas, conselheiros de saúde, trabalhadores, usuários e gestores do Sistema Único de Saúde (SUS).

Fonte: http://www.cnpl.org.br/new/index.php/81-destaque/1625-cnpl-cobra-melhorias-para-profissionais-do-sus-na-1-conferencia-nacional-de-vigilancia-em-saude

http://www.cnvs.org.br/index.php/2015-08-25-09-08-54/todas-as-noticias/item/121-conferencistas-exigem-financiamento-adequado-para-acoes-de-vigilancia-em-saude

Autor: sindfonogo

"Os sindicatos têm como objetivo principal a defesa dos interesses econômicos, profissionais, sociais e políticos dos seus associados. É o representante legal do Trabalhador"

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s